Construção da ponte de Porto Nacional movimentará a economia do Estado Destaque

Postado em Sexta, 11 Agosto 2017 11:33
Avalie este item
(0 votos)

O financiamento do Projeto Ponte de Porto Nacional deverá ser feito pela Caixa Econômica Federal e não mais pela instituição financeira Unicredit Atividades Bancárias Corporativas e de Investimentos, com sede na Itália. Para isso, o Executivo Estadual encaminhou, para a Assembleia Legislativa, nessa quarta-feira, 9, Projeto de Lei em que solicita autorização para alterar o agente financeiro, com o qual pretende contratar operação de crédito para a realização desse projeto.

 

Da Assessoria

 

O Unicredit declinou de fazer esta operação, mas como o Governo Estadual recebeu o aval da União, por meio da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), para fazer a contratação, foi avaliada a possibilidade da substituição do Unicredit por outra instituição financeira.

Consultada, a Caixa Econômica Federal manifestou interesse em financiar o projeto, que segundo valores atualizados, vai resultar em uma operação de crédito interno de R$ 130 milhões, gerando inclusive economia para o Estado, quando comparada à proposta inicial, que seria realizada em moeda estrangeira.

Para realizar esta contratação, é necessário alterar a lei, modificando a indicação do agente financeiro. Na mensagem encaminhada ao Legislativo, o governador Marcelo Miranda solicita que a tramitação do projeto se faça em regime de urgência.