Maternidade pública de Porto Nacional desenvolve projeto de hipnoterapia para controle da dor durante o parto Destaque

Postado em Quarta, 25 Abril 2018 11:24
Avalie este item
(0 votos)

Por ldenes Lima

 

Com o objetivo de aliviar os sintomas típicos da gestação como a ansiedade, fobias, enjoos e a dor durante o parto, o Hospital e Maternidade Tia Dedé, em Porto Nacional, está efetivando o projeto Pré-Natal Psicológico – Parto sem dor, por meio da hipnoterapia. A iniciativa faz parte do planejamento estratégico da unidade para 2018 e atende gestantes acompanhadas durante o pré-natal na rede básica de saúde. Inicialmente estão sendo atendidas seis gestantes da Unidade Básica de Saúde do Setor Brigadeiro Eduardo Gomes.

 

Ferramenta terapêutica milenar, a hipnoterapia é indicada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como prática integrativa complementar dos tratamentos de saúde.

 

“A ideia é usar esta ferramenta para promover um parto tranquilo e com controle da dor e assim, proporcionar à parturiente, ao bebê e toda a família, uma experiência positiva do nascimento”, explica a diretora geral da maternidade Edith Aires, destacando que o Tia Dedé é a primeira maternidade do Estado a utilizar esta prática.

 

Segundo a neuropsicóloga e hipnoterapeuta Iara Mendes, idealizadora do projeto, “durante o tratamento, a mulher aprende com auto hipnose técnicas de visualização/imaginação, respiração e relaxamento que lhe permitirão entrar num estado alterado de consciência trazendo-lhe maior controle físico corporal e emocional, tendo como resultado um parto mais tranquilo”, esclarece.

 

Na prática do projeto, serão realizadas whorkshops temáticos com assuntos pertinentes a fisiologia da gestação e ao que deve ser aplicado durante o trabalho de parto. Para as futuras mamães, serão realizadas dez sessões com encontros quinzenais, de duração de duas horas cada. Nestes encontros serão realizadas rodas de conversas, apresentação de documentários.

 

O Hospital e Maternidade Tia Dedé, de Porto Nacional possui urgência e emergência com pronto socorro infantil que atende a casos de patologias clínicas de crianças de 0 a 11 anos e 11 meses de idade e com pronto socorro ginecológico e obstétrico que atende gestantes nas intercorrências da gestação, no acompanhamento da gravidez de alto risco e parto. A unidade é referência em média complexidade para 13 municípios: Porto Nacional, Monte do Carmo, Brejinho de Nazaré, Silvanópolis, Chapada de Natividade, Natividade, Fátima, Oliveira de Fátima, Mateiros, Ponte Alta do Tocantins, Pindorama, Santa Rosa do Tocantins e Ipueiras.

Governo do Estado do Tocantins