CARLESSE FAZ O DEVER DE CASA E CINTHIA RIBEIRO MOSTRA AUTONOMIA NA CONDUÇÃO DA CAPITAL

Postado em Segunda, 05 Novembro 2018 15:54
Avalie este item
(0 votos)

O governador Mauro Carlesse tem demonstrado muita humildade e vontade de acertar no comando do Estado.  Já se reuniu com vários segmentos da sociedade e vem promovendo almoços e jantares com os deputados estaduais e federais eleitos e reeleitos no pleito do último dia sete de outubro.

 

Carlesse também visitou os dois senadores que não são da sua base eleitoral – Kátia e Irajá Abreu – e recebeu em seu gabinete a prefeita da Capital, após articulação do senador eleito Eduardo Gomes, que será o home forte de Carlesse em Brasília, por conta dos seus laços de amizade com grande parte dos futuros ministros e com o próprio presidente Jair Bolsonaro e sua família.

 

Eduardo Gomes será o porta-voz do Tocantins em Brasília e vai aglutinar em torno de si a maioria dos membros da bancada federal, em busca da liberação de recursos para o Estado.

 

Acreditamos que não haverá empecilhos para o governo de Mauro Carlesse nem na Assembleia Legislativa, muito menos no Congresso Nacional, onde percebemos claramente um sentimento de que tudo o que puder ser feito em benefício do Tocantins contará com apoio irrestrito dos parlamentares tocantinenses.

 

PARLAMENTARES

O papel dos parlamentares tocantinenses será de suma importância para respaldar e aprovar as medidas do Executivo que tenham que passar pelo crivo da Assembleia Legislativa para se tornar Lei, assim como nossa bancada federal servirá de “porto seguro” para o governo de Mauro Carlesse, pois é de Brasília que virão os recursos que o governo estadual posa por em prática o projeto de desenvolvimento que todos os tocantinenses precisam e sonham.

 

PALMAS

Já em nossa Capital, a prefeita Cinthia Ribeiro deixou claro que está determinada a jamais servir de fantoche, marionete ou sombra de quem quer que seja, contrariando algumas pessoas que apostavam nisso.

 

Cinthia já demonstrou ser determinada e ter personalidade suficiente para passar pela prefeitura de Palmas e deixar uma extensa folha de serviços prestados, que podem determinar até mesmo uma reeleição, pois tudo depende de como a prefeita vai atuar de hoje até o mês de maio de 2020.

 

COALIZÃO

Os primeiros passos de Cinthia devem ser na direção de formar um governo de coalizão com o Legislativo Municipal e com os partidos aliados ao governador Mauro Carlesse e com a bancada federal. 

 

A parir de janeiro de 2019, a prefeita deve 100% de sua administração sob seu exclusivo controle, e uma equipe formada por pessoas de sua inteira confiança ou indicados por seus conselheiros.

 

2019 pode ser o ano em que Cinthia Ribeiro construirá o ambiente perfeito para um fim mandato positivo que servirá de alicerce para uma postulação à reeleição, tudo dependerá das estratégias que adotar.

 

A única certeza que se Cinthia pode ter é a de que precisa extinguir, completamente, qualquer resquício de ligação com o ex-prefeito Carlos Amastha.  Só assim ela ficará totalmente apta a conversar com qualquer

vertente partidária.

 

Pelo andar para a carruagem, esse foi, acertadamente, o caminho escolhido por Cinthia e sua permanência no Paço Municipal a partir de 2020, depende só dela.