WhatsApp muda regras e limita compartilhamento de mensagens

Posted On Segunda, 21 Janeiro 2019 15:01
Avalie este item
(0 votos)

Aplicativo limitou o encaminhamento de mensagens a até 5 destinatários por vez. Para isso, vai enviar uma atualização para os usuários, que é prevista para esta segunda-feira (21)

 

Com Agências

O WhatsApp adicionou um novo recurso no Brasil que limita a quantidade de compartilhamentos de mensagens no mensageiro. A partir de agora, você só pode enviar publicações para cinco conversas por vez. O objetivo é fazer o usuário ser vencido pelo cansaço e reduzir o espalhamento de recados em massa.

 

É bem fácil testar a nova trava. Basta segurar o dedo em uma mensagem recebida (que pode ser texto, vídeo, link ou imagem) e clicar no ícone da seta, que indica compartilhamento. Em seguida, tente selecionar mais de cinco contatos ou grupos para receber o aviso de que você atingiu o limite. O TecMundo e o Canaltech conseguiram testar com sucesso a "novidade".

Vale lembrar que o limite tem uma certa "brecha", já que grupos podem contar com muito mais de cinco contatos. Além disso, você pode repetir o procedimento com cinco pessoas de cada vez, mesmo que o procedimento seja bem mais trabalhoso.

 

O WhatsApp do Brasil ainda não se pronunciou sobre a novidade.

Aqui não é o pior caso
O recurso já havia sido anunciado em julho de 2018 na Índia, primeiro país a receber a limitação mais "grave" do mensageiro.Por lá, a preocupação do WhatsApp é cada vez maior com a quantidade de spam e também com notícias falsas — mesmos temas em debate por aqui, porém com ainda mais intensidade.

 

Em outros países, o número de conversas que poderia receber um recado compartilhado havia apenas diminuído de número, mas ainda era expressivo.

 

Veja perguntas e respostas sobre a nova regra:

Quantas mensagens podem ser encaminhadas?
Antes, era possível encaminhar uma mensagem para 20 destinatários, entre pessoas ou grupos.Com a nova medida, o máximo de destinatários passa a ser 5 por vez.

 

É possível encaminhar para 5 pessoas, depois para mais 5?
Sim. O número máximo de destinatários é válido para cada encaminhamento, mas não existe um limite do número de vezes que uma mensagem pode ser compartilhada.

 

O que muda para grupos?
Cada grupo equivale a 1 destinatário. Assim, será possível encaminhar uma mensagem para até 5 grupos de uma vez.

 

Como cada grupo do WhatsApp pode ter até 256 membros, o número máximo de pessoas com que se pode compartilhar uma mensagem de uma vez passa a ser 1.280.

 

Na regra anterior, o número máximo de pessoas que poderiam receber uma mensagem era de 5.120, o equivalente a 20 grupos cheios.

 

As listas de transmissão serão afetadas?
Não. As listas de transmissão continuarão podendo ter 256 contatos. Essa é uma ferramente que o WhatsApp disponibiliza para que usuários possam escrever e enviar uma mensagem para várias pessoas ao mesmo tempo.

 

Somente indivíduos podem ser incluídos em listas de transmissão, ou seja essa ferramenta não pode ser utilizada para enviar mensagens a grupos.

 

Para enviar uma mensagem a um contato em uma lista é necessário que quem receba a mensagem tenha quem está enviando em sua lista de contatos, ou não receberá a mensagem.

 

Quando começa a valer?
Será preciso baixar e fazer a atualização do Whatsapp.

Segundo a empresa, ela será disponibilizada ainda nesta segunda-feira (21), primeiro para dispositivos Android (maioria no mundo). Depois, a atualização estará disponível para o sistema iOS, da Apple.

Por que algumas pessoas ainda estão conseguindo fazer o envio sem o limite?

Provavelmente porque a atualização ainda não foi disponibilizada para todos os usuários. Segundo o Whatsapp, isso acontecerá ainda nesta segunda, primeiro para quem tem celulares Android.

Vale para qualquer tipo de mensagem?

Sim, incluindo as de áudio e vídeo. O limite vale para o encaminhamento de mensagens recebidas e também para aquelas criadas pelo próprio usuário.

 

Vale para o Whatsapp Web também?

Sim.

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-496.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias