ELEIÇÃO DE ALCOLUMBRE PODE FORTALECER POSIÇÃO DO TOCANTINS NO PLANALTO Destaque

Postado em Segunda, 04 Fevereiro 2019 05:20
Avalie este item
(0 votos)

Votos de Eduardo Gomes e Irajá Abreu foram decisivos para a vitória do senador do Amapá para a presidência do Senado

 

Por Edson Rodrigues

 

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), 41 anos, foi eleito presidente do Senado neste sábado (2) ao obter 42 votos, um a mais que os 41 necessários para um candidato ganhar no primeiro turno. Dos 81 senadores, votaram 77. Por conta dessa margem apertada, pode-se avaliar que os votos de Eduardo Gomes e de Iarajá Abreu foram decisivos para a vitória de Alcolumbre.

 

Com a vitória de Alcolumbre – um aliado do ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil), de quem recebeu apoio nos bastidores –, o DEM passa a comandar o Senado Federal e a Câmara dos Deputados – nesta sexta-feira (1º), Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito presidente da Câmara, também em primeiro turno.

 

 

Logo após o anúncio da vitória, Davi Alcolumbre assumiu a cadeira de presidente. Ele cumprimentou todos os concorrentes, inclusive Renan Calheiros. Disse que dará ao rival o mesmo tratamento conferido aos demais colegas.

 

O novo presidente do Senado destacou a importância de "reunificar" a Casa e afirmou que não conduzirá os trabalhos com “revanchismo”. Segundo ele, a condição de adversários é "passageira", enquanto as instituições são permanentes.

 

O parlamentar afirmou que na Casa não haverá senadores de alto ou de baixo clero. “Todos serão tratados com a mais absoluta deferência e respeito”, declarou.

 

"Espero deixar esta Casa com o país retomando os trilhos, enfrentando as reformas complexas com a urgência que nosso país reclama", afirmou.

 

TOCANTINS FORTALECIDO

Com a renúncia de Renan Calheiros, os senadores do Tocantins se viram desobrigados a seguir orientações de bancada e puderam escolher livremente seus candidatos.  Eduardo Gomes e Irajá Abreu, então, ao optarem por Alcolumbre, acabaram sendo decisivos, e podem passar a ter uma relevância cada vez maior no Senado.

Amigo Zeca, Edson, Kátia Abreu e Zé Carlos Leitão

Eduardo Gomes é amigo de Davi Alcolumbre, tendo sido deputado federal juntamente com o atual presidente do Senado em uma mesma legislatura, ocasião em que foi primeiro-secretário da mesa diretora.

 

Os dois, inclusive, dividem uma história em comum, tendo sido alçados à Câmara Federal logo após terem sido vereadores das capitais de seus estados.  Essa proximidade entre os dois pode levar Eduardo Gomes, bom articulador que é, a ganhar papel de destaque na atual legislatura, o que seria de suma importância para auxiliar o Tocantins a retomar o caminho do crescimento.

 

Eduardo Gomes é amigo pessoal do presidente Jair Bolsonaro, desde a época em que ambos eram deputados federais, e tem excelente relacionamento com muitos dos novos ministros.  Ut5ilizando seu protagonismo no Senado, ele poderá dar continuidade aos trabalhos que já vem  desenvolvendo na liberação de recursos para os municípios tocantinenses, dando fôlego ao governo de Mauro Carlesse para que possa se concentrar na adequação da máquina estatal e no enquadramento do Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

No fim das contas, a eleição do presidente do Senado acabou se transformando em mais um ingrediente na receita para que o Tocantins engrene de vez.  Agora, é esperar, nesta segunda-feira, a sessão de abertura anual do Legislativo e, na quarta-feira, a eleição da Mesa-Diretora do Senado.

 

LIDERANÇAS TOCANTINENSES PRESTIGIAM POSSE DE EDUARDO GOMES

 

Após a cerimônia de posse no Senado Federal, Eduardo Gomes, o senador mais bem votado do Tocantins recebeu amigos, parentes e lideranças políticas, para uma confraternização.  O número de pessoas presentes deu a exata noção da importância de Gomes para a política Tocantinense e do seu prestígio junto à classe política nacional.  Muitos dizem que seu estilo de fazer política se aproxima muito do praticado pelo saudoso Tancredo Neves, o “homem do diálogo”.

 

Amigo Zeca, Senador Eduardo Gomes e Edson Rodrigues

O salão de eventos do Clube dos Funcionários do Senado foi tomado por todos os que foram prestigiar a posse de Eduardo Gomes.  Cada um contribuiu à sua maneira.  Até o deputado federal Vicentinho Jr. levou o grupo musical tocantinense comandado por “Danilo do Acordeon”.  Também estiveram no palco o músico Nelson Jr., a dupla sertaneja Henrique e Ruan e a Dj Thaís Katze. Dessa forma, não tinha como a festa terminar só com o raiar do dia.

 

Estiveram presentes os políticos tocantinenses Kátia Abreu, Tiago Dimas, Vicentinho Jr., Osires Damaso, vários prefeitos, como o de Araguaína, Ronaldo Dimas, e o de Porto Nacional, Joaquim Maia, vereadores, o presidente do Sebrae-TO, Rogério Ramos, o articulador político José Carlos Gomes, popular “Amigo Zeca”, o empresário  José Carlos Leitão, a jornalista e empresária Joana Castro e mais de uma centena de companheiros tocantinenses, que se engajaram na luta pela eleição de Eduardo Gomes ao Senado e foram, com ele, comemorar.

 

Uma festa merecida e que pode ser o símbolo da união em torno do nome de Eduardo Gomes em prol de um Tocantins melhor pra todos.

Última modificação em Terça, 05 Fevereiro 2019 10:31