Alcolumbre anuncia divisão do comando das comissões temáticas do Senado; veja distribuição

Posted On Terça, 12 Fevereiro 2019 16:39
Avalie este item
(0 votos)
Presidente do Senado se reuniu com líderes partidários na residência oficial. Dono da maior bancada, o MDB comandará três comissões, inclusive a CCJ, considerada a mais importante Presidente do Senado se reuniu com líderes partidários na residência oficial. Dono da maior bancada, o MDB comandará três comissões, inclusive a CCJ, considerada a mais importante

À saída da reunião de líderes, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, destacou a cooperação dos líderes para a distribuição das comissões entre os partidos sem necessidade de disputa pelas presidências

 

Com Assessoria

 

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou nesta terça-feira (12) que todas as comissões permanentes do Senado poderão empossar seus presidentes ao mesmo tempo.

 

Os líderes partidários chegaram a um acordo quanto à distribuição dos comandos das comissões entre as legendas, e os nomes indicados deverão ser confirmados na manhã da quarta-feira (13).

 

Davi sinalizou que as comissões poderão se reunir a partir das 10h. A intenção é que a instalação seja simultânea, mas como não há plenários em número suficiente para todas elas, algumas se reunirão depois desse horário, ainda pela manhã. Os líderes partidários podem indicar seus representantes nos colegiados ainda nesta terça-feira (12).

 

O presidente agradeceu a cooperação dos líderes no acordo firmado para a distribuição das comissões, e destacou que, graças ao “diálogo” e à “convergência”, não haverá disputa pelas presidências.

 

— Amanhã poderemos fazer não a votação, mas a aclamação dos presidentes e vice-presidentes das 13 comissões do Senado — celebrou Davi.

 

Maior bancada do Senado, o MDB presidirá as comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Educação, Cultura e Esporte (CE). O partido também indicará, em 2019, o presidente da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), que deve ser um senador neste ano.

 

Outros dois partidos presidirão duas comissões cada: o PSD comandará as comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), e o PSDB comandará as comissões de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) e de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC).

 

As demais comissões serão presididas por senadores de oito legendas diferentes. A peculiaridade fica por conta da Comissão Senado do Futuro (CSF), que terá uma presidência dividida no biênio 2019-2020: o PRB e o PSC se revezarão entre os cargos de presidente e relator.

 

COMISSÃO PRESIDÊNCIA MEMBROS
Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) MDB 27
Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) PSD 27
Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) MDB 27
Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) DEM 23
Comissão de Assuntos Sociais (CAS) PODE 21
Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) PSD 19
Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) PT 19
Comissão de Meio Ambiente (CMA) Rede 17
Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) PSL 17
Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) PP 17
Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) PSDB 17
Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) PSDB 17
Comissão Senado do Futuro (CSF) PRB/PSC 11
Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) MDB (2019) 31 deputados e 11 senadores

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-496.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias