DORINHA SEABRA SAI DA ZONA DE CONFORTO NA DIRE ÇÃO ESTADUAL DO DEM

Postado em Sexta, 07 Junho 2019 07:05
Avalie este item
(0 votos)

O quiproquó está feio dentro do Democratas (DEM) do Tocantins.  Tudo leva a crer que o “cristal” que mantinha a unidade do partido foi irremediavelmente trincado com a chegada do governador Mauro Carlesse como vice-presidente nacional da legenda, durante a Convenção Nacional, realizada em Brasília.

 

Por Edson Rodrigues

 

A ideia inicial da cúpula nacional do DEM era trazer Mauro Carlesse para o partido dando a ele o comando estadual, fechando uma trinca com os governadores de Goiás, Ronaldo Caiado, e de Mato Grosso, Mauro Mendes, tornando-se a legenda mais pode3rosa do Centro-Norte do Brasil. Mas, a presidente estadual no Tocantins, Deputada Federal Dorinha Seabra mostrou resistência e acabou “melando” a ideia.

 

Claro que a cúpula nacional não gostou desse posicionamento da deputada.

 

AÇÃO E REAÇÃO

Recentemente, após a entrada de Carlesse no DEM, um veículo de comunicação tocantinense noticiou a exoneração de um afilhado de Dorinha de um cargo na direção do Ruraltins.

 

Esse fato pode até não ter sido uma reação direta do governador, mas, segundo um “grão-mestre” governista, a deputada Dorinha pode esperar por mais “desgostos” a partir de agora e o tratamento dado à ela será semelhante ao que o PSDB está utilizando com a deputada estadual Luana Ribeiro e com o ex-senador Ataídes Oliveira, que se opuseram à apoiar a candidatura à reeleição da prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, convidada a ser membro do Diretório Nacional e ungida pelos caciques do PSDB para ser a candidata do partido.

 

PACTO DESFEITO

O “grão-mestre” palaciano continua afirmando que já caiu no conhecimento de todos que há um pacto no DEM de Dorinha Seabra de apoio à reeleição de Cinthia Ribeiro, do PSDB, mas garantiu que esse pacto será desfeito em breve pela cúpula nacional do Democratas, que também não está muito bem com a cúpula do PSDB.

 

Nossa fonte foi taxativa quanto a esse pacto, afirmando que “em política se vê de tudo, menos boi voando e o DEM palmense apoiando a candidatura de Cinthia Ribeiro à reeleição é certeza de um ‘boi voando’”, e terminou afirmando que “a professora Dorinha não entrega a mercadoria”, referindo-se ao horário eleitoral gratuito de Rádio e TV.

 

REVELAÇÕES

Gostando da conversa, o grão-mestre fez outras revelações, chamando a atenção para o fato de o DEM estar trabalhando sob a orientação do governador Mauro Carlesse para trazer a cúpula nacional da legenda para um megaevento de filiações, com deputados estaduais, do vice-governador, dezenas de prefeitos e seus vices, vereadores, empresários e lideranças políticas, classistas e comunitárias de várias regiões do Estado, e que está aguardando apenas uma conciliação de agendas para marcar a data.

 

CONFIRMAÇÃO

Por coincidência, em outra conversa com assunto trivial, um governista da Assembleia Legislativa acabou por confirmar, sem querer, as palavras do “grão-mestre”, ao nos revelar que está percebendo uma grande movimentação de candidatos a prefeitos, prefeitos candidatos à reeleição, candidatos a vereador e vereadores com mandatos de várias vertentes políticas, vendo com bons olhos uma migração para o DEM, numa demonstração do peso positivo que foi para o partido a filiação do governador Mauro Carlesse.

 

 

Segundo essa fonte, contou muito para a filiação de Carlesse ao DEM ganhar em importância política, o fato de ele ter sido conduzido diretamente à vice-presidência nacional, apadrinhado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni e pelo presidente nacional da legenda, o prefeito de Salvador-BA, ACM Neto.

 

Isso, para a fonte, assegura que Carlesse tem, sim, o controle estadual do partido e que, após o evento de filiações, seu poderio será fortalecido, cabendo a ele a escolha dos candidatos a prefeito do DEM no Tocantins, nas principais cidades, incluindo, claro, a Capital, Palmas.

 

Até quem nunca viu “boi voando”, sabe que essa