Em Palmeirópolis, governador Carlesse lança Colégio Militar e garante implantação de mais 33 unidades no Tocantins

Posted On Terça, 10 Setembro 2019 06:22
Avalie este item
(0 votos)

Com a implantação desse colégio já são mais de oito mil estudantes matriculados nas unidades militares

 

Por Jarbas Coutinho

 

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, lançou nesta segunda-feira, 9, o Colégio Militar Unidade - Xll, na cidade de Palmeirópolis, no sul do Tocantins. A solenidade foi realizada na Escola Estadual Professora Maria Guedes, que após a parceria entre a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e a Polícia Militar, incorporou a décima unidade escolar militar do Tocantins.

 

Com a implantação desse colégio já são mais de oito mil estudantes matriculados nas unidades militares, ofertando ensino regular e cursos técnicos de acordo com a hierarquia, disciplina, civismo e patriotismo, inerentes à formação militar.

 

“A ampliação de oportunidades para os jovens tem sido um grande foco dessa gestão, e essa parceria com a Polícia Militar vai ajudar a desenvolver o aprendizado, já que os educadores poderão focar apenas no aspecto pedagógico", frisou a secretária da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar.

 

O governador Mauro Carlesse destacou que o Colégio é uma solicitação da comunidade que vai favorecer o crescimento da educação no município e que a meta é implantar mais unidades. "Já está em estudo à implantação de mais 33 colégios militares. Eles associam a formação com disciplina, é isso que queremos e os nossos servidores estão comprometidos com esse projeto educacional", ressaltou.

 

O prefeito de Palmeirópolis, Fábio Vaz, destacou o comprometimento do governador Mauro Carlesse com a região sul do Estado e a importância do Colégio Militar. "É uma honra para a nossa cidade receber essa unidade educacional, que certamente vai favorecer toda a região. O governador Carlesse é um pai para a região sul do Estado, que ao longo dos anos sempre foi relevada pelo poder público Estadual", revelou.

 

O comandante-geral da PM, coronel Jaizon Veras, disse que a parceria entre a Secretaria da Educação e a Polícia Militar é exitosa em diversos municípios do Estado. “Por meio dessa parceria está sendo possível ofertar um ensino de qualidade, aliado à hierarquia e disciplina militar", disse.

 

As unidades militares ofertam ensino regular e cursos técnicos de acordo com a hierarquia, disciplina, civismo e patriotismo, inerentes à formação militar 

 

O empresário Edson Reis, um dos entusiastas da implantação do Colégio Militar, agradeceu ao governador e destacou a agilidade como foi atendido o pleito. "Me surpreendeu a rapidez com esse pleito foi atendido e tenho certeza que essa unidade será um marco para a cidade de Palmeirópolis".

 

Histórico da Escola

 

A Escola Estadual Professora Maria Guedes foi criada em 1958, com o nome de Escola Municipal da Fazenda Itabaiana. No ano de 1976, esta unidade passou a se chamar Escola Estadual de 1º Grau de Palmeirópolis, unificando Ginásio e Primário, e se desligando definitivamente de Paranã.

 

Em 1982, criou-se 2º Grau, hoje ensino médio, com o curso de Técnico em Contabilidade. Já na jurisdição do Tocantins, a unidade passou a ser nominada como Colégio Estadual de Palmeirópolis. Por fim, em julho de 2015, em homenagem a uma de suas primeiras educadoras, recebeu o nome de Escola Estadual Professora Maria Guedes.

 

Hoje, a unidade escolar que passa a ser denominada como Colégio Militar Unidade XII – Professora Maria Guedes, possui cerca de 490 alunos matriculados e 43 servidores.

 

Presenças

A solenidade foi prestigiada pelos prefeitos da região sul e sudeste do Estado, pelo deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Gleison Nato, e pela comunidade local.

 

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-500.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias